terça-feira, janeiro 31, 2017

Um herói de fio-dental pode?



Resultado de imaxes para hantai kamenQuem nunca ouviu a expressão surra de néca? Se não, eu explico. Néca é não só o apelido dado a senhoras no século passado, mas também uma adaptação de um termo do dialeto iorubá(tipicamente usado em religiões de matrizes africanas no Brasil), este que significa pênis.

Com o passar dos anos e sendo até hoje a única religião que abertamente aceita os homossexuais muitas das gírias do povo babadeira provém da macumba, candomblé e umbanda. Eu só expliquei porque tem gente que não sabe. Usa e não sabe a procedência! Meu edi pra essa gente horrorosa!!!

Todos sabemos que os bons autores de novelas e séries no Brasil já morreram faz tempo. Assim que a busca por sinopses no estrangeiro tem crescido muito nos últimos tempos. A emissora guarda o segredo a 98 chaves. Mas se as negociações fluírem as gravações se iniciarão em Setembro deste ano.

Segura o babado. Eu fiquei sabendo que uma emissora brasileira estaria negociando os direitos autorais desta produção japonesa que se inspirou em um famoso mangá de mesmo nome. Hentai Kamen é um fenômeno entre os adolescentes japoneses em sua versão audiovisual e lá passa em horário nobre, a série é uma sequela do filma homônimo de 2013.

O filme já tem uma sequência em produzida em 2016. No segudo filme, a pedido de sua namorada Aiko Completo (Fumika Shimizu), Kyosuke Shikijo (Ryohei Suzuki) concorda em se aposentar como Hentai Kamen, assim parando de usar as calcinhas dela para combater o mal. Mas quando uma nova ameaça surge, quem mais o povo de Tóquio aclamaria?

Resultado de imaxes para hantai kamenEste super-herói nipônico tem dois golpes fatais contra os criminosos. Em um deles ele voa em giratória esfregando sua rola na cara do indivíduo até ele desmaiar. No outro ela se lança de pernas abertas na cara do meliante e vai arrastando o indivíduo com a força de seu super e entumecido membro que é protegido por uma lingerie fio dental apertadíssima.

Hentai Kamen além de uma poeminente néca tem uma bunda sensacional, e a produção não perde tempo e em várias oportunidades dá closes e travillings em primeiríssimo plano dessa gostosura. Vale a pena cada segundo.

Esse japa estiloso de fio-dental, calcinha na cara e meia arrastão tem tudo para causar na versão brasileira. Eu que não sou besta nem nada já sabia que nem todo japonês tem peru pequeno... Mas por aqui, quem vocês elegeriam para ser o ator da versão brasilis?

domingo, janeiro 29, 2017

URGENTE: Morte do criador do requeijão de copo comove

Na década de 1950, o empresário teve a ideia de colocar o requeijão, que era produzido junto com o creme de leite e comercializado em tablete, no copo. O corpo de Dias será velado no Velório Municipal, em Poços de Caldas, e o sepultamento está marcado para a tarde desta segunda-feira, também na cidade mineira. 
Morreu neste domingo em Poços de Caldas (MG) o inventor da fórmula do requeijão cremoso de copo, o empresário Moacyr de Carvalho Dias, com 96 anos, segundo informações do jornal O Globo. Além de criar o requeijão moderno que é vendido nos supermercados de todo o país, Xixo, como ele era conhecido, foi o responsável por trazer o iogurte com polpa de frutas e a Danone para o Brasil. Ele era o dono da Laticínios Poços de Caldas. A causa apontada para a morte foi insuficiência renal.
Desde que se aposentou, em 1996, ele se empenhava no estudo de aves ameaçadas de extinção. Dias era proprietário do Criadouro Poços de Caldas, que mantém mais de 3.500 aves de 325 espécies diferentes, segundo sua página na internet.

sexta-feira, janeiro 27, 2017

O que têm em comum estes astros da TV?

Resultado de imaxes para teste do sofa

Malvino Salvador, Henri Castelli, Caio Castro, Júlio Rocha, Luciano Viana, Victor Fasano, Marcelo Saback, Felipe Simas, Guilherme de Pádua, Oscar Magrini, Renato Rabello, Whalter Verve, Márcio Fernandes, Mário Gomes, João Pinto, Carmo D'ella Vechia, Heitor Martinez, Thierry Figueira, Beto Simas, Thiago Lacerda, Marcelo Anthony, Carlos Bonow, Daniel del Sarto.

Essa é nossa coluna interativa. Queremos saber o que estes grandes ícones da mídia brasileira têm em comum em sua trajetória e ascensão aos estrelato. Pedimos a colaboração de nossos leitores. Aos que possam e tenham fontes postem aqui nos comentários por gentileza. S'il vous plaît, nos ajudem a desvendar a charadinha.

segunda-feira, janeiro 23, 2017

Como o ser humano chegou as Américas?

Resultado de imaxes para povoamenro das américasUma das teorias sobre o povoamento das Américas afirma que os primeiros humanos chegaram à região ao cruzarem o Estreito de Bering, entre a Sibéria, na Ásia, e o Alasca, na América do Norte. Há mais ou menos 12 mil anos essa região estava toda congelada, formando uma “ponte” entre os dois continentes.
As populações que iniciaram a ocupação das Américas teriam ido primeiro aos planaltos norte-americanos e, daí iniciado seu deslocamento rumo ao sul, espalhando-se por todo o continente. Dos povos com traços orientais descendem todos os grupos indígenas existentes hoje e é certo que há cerca de 12 mil anos uma parte do território brasileiro já era ocupada por populações de caçadores-coletores. Chegaram a América pelo Oceano Pacífico muitos deles e não apenas pelo estreito glacial.
Para os defensores dessa hipótese, o povoamento da América pode ter se iniciado muito tempo antes, cerca de 50 mil anos atrás.
Em Monte Verde no Chile( 13.500), foram descobertos centenas de artefatos de pedra e restos de alimentos mais antigos que as lascas de Clovis, no Novo México, tido então como o sítio arqueológico mais antigo do continente americano. Monte verde reúne um vasto tesouro da arqueologia americana. Lá foram encontradas fundações de casas de madeira, ossos de animais, plantas comestíveis, além de diferentes plantas medicinais. Outros sítios arqueológicos, pesquisadores nos países da América relevaram vestígios de datas mais antigas que os de Monte Verde, mas todos na América do Sul.
1) Venezuela ( Taia-Taima)
2) Na Argentina , nos sítios de Piedra Museo e Los Toldos.
3) No Brasil, nos sítios de Lapa do Boquete, LapaVermelha e Santana do Riacho, em Mnas Gerais.

Desde 1500 A.C. até o ano 300d.C já existiram grandes civilizações nas américas. Entre suas principais características está o predomínio do sedentarismo e da agricultura, principalmente o cultivo de milho. Nessa época a um desenvolvimento da metalurgia e o aperfeiçoamento do uso da cerâmica. Durante o período formativo grandes civilizações se desenvolveriam dando origem a grandes impérios. A região onde ocorreria o seu desenvolvimento seria chamada de Mesoamérica, o que corresponde atualmente ao México e ao norte da América Central.
A preocupação sobre os habitantes das Américas pré-colombianas só começaram da aceitação pelos europeus que os indígenas possuíam alma e, portanto, eram considerados seres humanos. Isso ocorreu por volta de 1540 após a publicação de uma bula papal, a qual confirmava esta afirmativa, baseada no argumento que um dos apóstolos esteve na América anteriormente. Outra teoria é a de Alis Hardilick ou teoria mongólica – o homem americano migrou para a América há cerca de 15.000 anos, através do Estreito de Bering. Esta teoria é negada por Paul Rivet, quando diz que o homem não é só de origem mongólica, mas oriundo da Polinésia e Austrália, isto é, o ameríndio possui origem múltipla, migrando através da Beríngia, como também das Ilhas do Pacífico, originando todos os povos americanos. Por sua vez, Salvador Canals Frau contesta a teoria de Paul Rivet, quando diz não existir esta passagem e sim ondas sucessivas de imigrações, devido ao fato da Sibéria e Alasca, ainda hoje, ser habitada pelos Esquimós.
Em 1972, o arqueólogo Knut Fladmark, da Universidade Simon Fraser em Vancouver, Canadá, afirmou que os primeiros americanos eram pescadores de embarcações precárias, originários da Polinésia, Ásia ou Austrália, vindos via Oceano Pacífico, através de uma longa cadeia de ilhas hoje desaparecidas. Para sustentar esta teoria, em setembro de 1998, descobriu-se no sul do Peru, dois acampamentos de povos marítimos desconhecidos: Quebrada Jaguay com 11.100 anos e seus moradores comiam mariscos e peixes; e os de Quebrada Tacahuay, mais ao sul de idade datada de 10.700 anos, os quais alimentavam-se de peixes e pássaros marinhos como os cormorões.
Nas regiões dos Andes Centrais, Mesoamérica e Patagônia, o clima, o relevo e os aspectos biológicos proporcionaram a transformação de bandos coletores e caçadores (nômades) em povos sedentários. Isso só aconteceu devido às condições pouco favoráveis, as quais levaram-nos a desenvolver técnicas agrícolas mais elaboradas como a irrigação, o terraceamento e as curvas de níveis. Os abrigos eram mais duradouros, as ferramentas melhores trabalhadas e que serviram como primeiro passo no surgimento de civilizações urbanizadas e mais desenvolvidas culturalmente. Ela é particularmente interessante, porque as espécies diferem em relação ao acúmulo de ácido hidrociânico concentrado nos tubérculos.
O algodão e a cucurbitácea são os vestígios de domesticação de plantas mais antigas, embora não sejam comestíveis. Enfim, vale salientar que o desenvolvimento tecnológico da agricultura através da irrigação, terraceamento, rotação de cultura e curvas de nível, está diretamente relacionado à urbanização e a transformação das sociedades construtoras.

quinta-feira, janeiro 19, 2017

Campanha polêmica: Há meninas com pipi e mulheres com xaninha, sim!

Uma campanha provocou controvérsia no País Vasco e Navarra, Comunidade Autônoma dentro do território da Espanha, na semana passada ao dizer que "há meninas com pênis e meninos com vulva". A campanha criada pela associação de famílias de menores transexuais Chrysallis Euskal Herria foi fortemente criticada. Nahiene tem nove anos e a sua entrevista tornou-se viral após ter sido lançada uma campanha que diz: "há meninas com pênis e meninos com vulva".

"A maioria sofre cada dia porque a sociedade desconhece esta realidade", disse a associação Chrysallis Euskal Herria na sua página do Facbeook. Do lado oposto, a plataforma católica Hazte Oir pediu que a campanha fosse retirada das ruas e afirmou que ensinar aos filhos "ideologia de gênero é uma maldade".

Asista ao vídeo: http://www.dn.pt/sociedade/interior/nahiene-a-meninaque-se-tornou-um-simbolo-datransexualidade-na-infancia-5610810.html

As redes sociais que amam polemizar e problematizar tudo desta vez deram pulsão a uma entrevista de Nahiane, uma menina de nove anos transexual, e o vídeo tornou-se viral. Nahiane, que nasceu Nahier, foi ao programa de televisão Ahora!, do canal Vasco EITB2, em outubro do ano passado contar a sua história. Mas apenas esta semana, a entrevista de Nahiene foi vista por milhares de pessoas, que debatem nas redes sociais sobre a transexualidade na infância.

Ana Ramírez de Ocariz, a sexóloga entrevistada no programa, explicou que muitas vezes os pais se culpam pelos filhos serem diferentes mas que esta questão não é educacional nem genética, e sim de identidade.

Nerea García, mãe de Nahiane, contou que a filha foi revelando como se sentia em relação à sexualidade assim que começou a expressar-se. "Com jogos, desenhos. Foi-nos comunicando à sua maneira desde que começou a falar", explicou. No princípio os pais acharam que era uma "brincadeira de crianças" e disseram várias vezes à Nahiane, e até com "palavras muito duras", que ela não era uma menina. "Mas claro, nós não sabíamos o que se passava, não conhecíamos esta realidade, então não ligávamos".

Nerea e o resto da família apenas aceitaram a vontade de Nahiane de ser tratada como uma rapariga quando a menina disse a chorar que preferia morrer do que viver como um menino, aos quatro anos de idade. "Todos nascemos homens ou mulheres mas a maneira como descobrimos a nossa identidade sexual é diferente. A partir dos dois anos, quando as crianças já conseguem expressar o que sentem conseguem dizer" quem são, explicou a sexóloga.

A família fez então um esforço para adaptar-se à mudança e aceitar que o menino Nahier já não existia. Nessa caminhada, falou com especialistas, como a sexóloga Ana Ramírez de Ocariz, e tentou falar sobre a transexualidade na infância com mais pessoas, para divulgar o tema.

Nerea lançou um livro sobre o tema que poderá ser lido nas escolas e garante que os alunos de forma geral compreendem bem a situação. Nahiane deixa uns conselhos a outras crianças transexuais: "sejam fortes e lutem para serem vocês mesmos".

A transexualidade na infância foi a capa da revista National Geographic do mês de janeiro, sendo a primeira vez que a publicação com mais de 130 anos fala sobre as questões de género.

Sonífero e Viral: Mais de 4 milhões acessam vídeo de senhora cochilando ao vivo



Muitas vezes em que estamos em situações públicas fatos inusitados podem ocorrer. Dormir e em público durante um evento é algo mais comum do que se pode imaginar. Um vídeo postado na fã page de um canal espanhol e que tem mais de 4 milhões de acesso mostra um desses momentos insólitos.

O apresentador ao notar que uma das entrevistadas dormia brincou ao dizer que não sabia se estava a "assistir a uma morte ao vivo ou se Eloisa tinha adormecido", arrancando algumas gargalhadas do público. Disse também que a mulher poderia estar possuída e a estabelecer algum contacto com outro mundo. "Será uma morte ao vivo?" O apresentador aproveitou o momento para brincar com a convidada que tinha adormecido.

A senhora que adormeceu durante um programa de televisão que estava a ser emitido em direto em Espanha, de nome Eloisa era uma das convidadas do programa "La tarde aqui y ahora" do Canal Sur, de Andaluzia e não conseguiu conter o sono. A mulher adormeceu sentada no sofá enquanto os outros convidados falavam e, quando se apercebeu, o apresentador Juan y Medio decidiu brincar com o momento.

Com muito humor o apresentador saiu do estúdio e pediu a alguém da produção para acordar Eloisa e dizer-lhe que o programa já tinha acabado há meia hora. O momento foi partilhado no Facebook do programa e já foi visto por quatro milhões de pessoas e partilhado mais de 93 mil vezes. Juan y Medio pediu ao público para fazer pouco barulho e não bater palmas e pediu à produção para apagar as luzes do estúdio enquanto passava uma música de ninar.

video

 Link do vídeo no site oficial: https://www.facebook.com/canalsurandalucia/videos/10157997970000246/

quarta-feira, janeiro 18, 2017

Líder nazista teria terminado seus dias em Santa Catarina


Resultado de imaxes para hitler argentinaO antigo espião Bob Baer e Tim Kennedy, um sargento das forças especiais americanas que esteve envolvido nas investigações ao paradeiro de Bin Laden, entre outras, reviram mais de 12 mil documentos de agências de informação um pouco de todo o mundo que entretanto foram tornados públicos e assim pode concluir que a fabula sobre o paradeiro d líder nazista realmente tenha sido o sul brasileiro.

A História regista que Adolf Hitler se suicidou no seu bunker a 30 de abril de 1945 e o corpo foi depois queimado. Mas a falta de um cadáver logo deu azo a teorias afirmando que o ditador nazi tinha simulado a própria morte e escapado. Agora, um ex-agente da CIA e um especialista forense dizem ter provas de que tal pode mesmo ter acontecido. Os argumentos são revelados na nova temporada do documentário Hunting Hitler, do Canal History.

Entre eles, consta um telegrama do serviço de informações britânico afirmando que Hitler saiu de Berlim num avião da Luftwaffe pilotado pelo comandante Peter Baumgart no dia 29 de abril de 1945. Os dois investigadores encontraram ainda uma suposta saída do bunker até agora desconhecida que, afirmam, poderia ter sido utilizada pelo fuhrer para fugir. Segundo o documentário, o referido comandante Baumgart surge num outro documento como tendo voado numa "missão secreta" num Messerchmitt.

Mas o fato de Adolf ter terminado seus dias próxima a cordilheira dos Andes já era dado por muitos historiadores como certo. Doravante e novo é o fato revelado que aproveitando-se do fluxo constante nos veraneios de argentinos no balneário de Florianópolis e o câmbio favorável da época, Hitler e a esposa Eva Braun teriam comprado uma casa no bairro de Canasvieiras e lá vivido seus últimos dias. O líder fascista teria sido nos meados dos anos 60 um dos idealizadores de um movimento separatista do sul que anos depois viria a inspirar o atual "O Sul é o Meu País", que visa desanexar Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e formar um novo país.

A teoria assim construída concretiza que Hitler voou até à Dinamarca, ainda ocupada, tendo aí mudado de avião para rumar à Argentina. Baer e Kennedy encontram uma fotografia que lhes é apresentada como sendo do líder nazi. No curso da investigação, segundo o jornal britânico Daily Express, são também encontradas provas que apontam para a existência de uma descendente do líder da força aérea nazi Hermann Goering ainda viva, em Misiones, na Argentina. A mulher, identificada como Adela Goering, é supostamente a bisneta do chefe da Luftwaffe.

Em 1945, o que seriam os restos mortais de Hitler -- incluindo um maxilar inferior cujo tratamento dentário foi identificado como pertencendo ao ditador -- foram levados para Moscou, onde ainda estarão, em parte incerta. Portanto tais relatos e estudos afirmariam que Hitler teria seu óbito verdadeiro aos 72 anos no sul do Brasil, após mudanças após o fim do primeiro governo de Perón no ano de 1955, ao Paraguay sendo acobertado pela ditadura de Stroessner e logo de desavenças com o líder do país guarani retornaria a patagônia argentina e derradeiramente migraria ao Brasil aonde uma dura ditadura cívico-militar de ultra direita estaria já no poder desde 31 de Março de 1964.

segunda-feira, janeiro 16, 2017

Mulher protesta em redes sociais por não ser atendida em barbearia

Imaxe relacionada
Imagem meramente ilustrativa

Na última sexta feira, dia 13, uma feminista resolveu entrar em uma barbearia no bairro Santa Mônica, localizada em Florianópolis, solicitando um corte de cabelo, e foi informada pelos funcionários da barbearia – focada em barbas, cabelos e bigodes masculinos – que não poderiam realizar o serviço porque o estabelecimento não atende mulheres.

Isso bastou para que a feminista se alterasse e armasse um escândalo, xingando o estabelecimento e desrespeitando os profissionais. Como se não fosse suficiente o escândalo no local, a feminista utilizou as redes sociais para denegrir a imagem da barbearia e inventar mentiras ao dizer que foi desrespeitada e humilhada por ser mulher, levando as militantes feministas a atacarem a página do estabelecimento no Facebook de forma bem semelhante ao que aconteceu com uma loja de móveis recentemente.
As redes sociais como sempre pipocaram o assunto e geraram muitos mesmes, rompantes de ódio e rancor.




sexta-feira, janeiro 13, 2017

Vestibular pra que? Vestibular pra quem?

O Brasil ainda lima o acesso ao ensino superior

Vergonha alheia por quem está a comemorar a aprovação no vestibular da UFSC, ou de qualquer outro no país. Antes das pedras que aqui jaz se aproximam, advirto: São ridiculezas como esta que fazem um país de analfabetos funcionais ser o que é. Para aumentarmos o complexo de cão pequeno, comparemos o sistema de ensino universitário ao de um país pobre, com 42 milhões de habitantes. Este mesmo que somente para o curso de medicina em uma universidade pública recebe cerca de 6 mil alunos brasileiros por semestre, através de empresas que fingem dar auxílio estudantil para a realização dos trâmites para inserção destes lá.
Brasileiros vencem seu preconceito e desconhecimento para com o país vizinho, a Argentina, e para lá rumam após pagarem mais de R$ 3.000,00 a assessorias especializadas que os fisgam nas redes sociais e propagandas com slogans do tipo: “Faça Medicina sem Vestibular.”
Estudantes Solange Bonovich, e Maia Finistrella comemorando conclusão de curso (UADE – ARG)
É. o sistema universitário argentino possui acesso universal, sem limitação de vagas e gratuito. O brazuca até trava com isto. Mas sim, o investimento histórico no ensino de terceiro grau resultou numa postura ímpar no mundo.
Hoje ao ver a comemoração quase que elitizada de pessoas que comemoravam passar por esta peneira em que apenas 4576 privilegiados, dentre quase 30 mil trouxas que pagaram para passar pela tortura psicológica que é o vestibular. Confrontemos os dados aqui dados. Mais de 6 mil brasileiros via assessorias(fora os que vão por conta própria), aí excluímos todos os estudantes da América Latina(que são mais de 20 mil/ano), muitos europeus que fogem da crise e dos altos preços do ensino universitário europeu, americanos curiosos, chineses e outros poucos asiáticos, e claro todos os nativos são absorvidos como alunos universitários sem dramas e com um único critério: apresentar o título de conclusão do 2º grau.
Absurdo? Sim! O vestibular é uma vergonha segregadora. Prega a falsa meritocracia brasileira. Como se um ser que além de períodos de fome e um ensino comparativamente deficitário e de nível inferior pode concorrer com outro aluno de um ensino médio particular? Não me critiquem. Critiquem as estatísticas.
Mas ora. Porque em uma cultura individualista eu iria me preocupar com o drama alheio. Com pessoas que por esta falta de acesso ao nível superior passará a ser tratado como inferior em um país neoliberal, meritocrático, racista, fascista e egoísta? Em meio a uma crise mundial vamos gastar ovos e farinhas a rodo para comemorar que eu não seja o excluído deste sistema nefasto.
Sinto sim, uma imensa vergonha alheia por você. Oh universitário. Oh ser superior! Oh baluarte da cultura, educação e etc! Se esses são o futuro do país, vejo um futuro obscuro para breve. Se essa lacra segregacionista e sionista é que serão os grandes próceres da nação do futuro, vixe!
Retomando. No país vizinho ninguém faz comemorações sujando-se com ovos e farinha, dentre outras coisas? Sim! Mas lá o ritual é realizado quando a pessoa se forma, e não quando se entra no curso universitário. Pois, se lá o ingresso do 2º ao 3º grau é automático, por assim dizer, não haveria mesmo sentido comemorar-se a entrada na universidade.

terça-feira, janeiro 10, 2017

UFSC: Jogo sexual preocupa autoridades da capital

Resultado de imaxes para carrussel sexualUm jogo sexual está a preocupar as autoridades, este que tem ocorrido em festas promovidas por alunos da Universidade Federal de Santa Catarina e consiste em uma especie de roleta russa quanto a ejaculação. Existe um vídeo de quatro minutos que se tornou viral nas redes sociais e mostra como se joga: cinco rapazes estão sentados sem roupa e completamente entumecidos em suas genitálias e moças ou as vezes rapazes, nus da cintura para baixo, sentam-se aos seus colos e assim se deixam penetrar. A cada 30 segundos, mudam para o colo do rapaz ao lado. Perde o jovem que ejacular primeiro.

Alguns dos jovens que aparecem no vídeo são menores de idade(calouros) e em cima de uma mesa são visíveis várias garrafas de álcool e cigarros. Um dos jovens contou ao blog que faz este jogo regularmente nas festas universitárias, tendo recebido as instruções do jogo por uma mensagem no Whatsapp. O rapaz, que não se quis identificar, contou ainda que não usam preservativo. Os jovens contam também que este começou na Colômbia, onde é conhecido por Carrossel(Não o do SBT, de origem mexicana).

Um aumento de casos de doenças sexualmente transmissíveis na unidade de adolescentes de um hospital de Madrid e pelo menos quatro casos de gravidezes indesejadas são sinais que estão a preocupar as autoridades de saúde da capital, que alertam para um jogo sexual perigoso, chamado "roleta sexual" ou "carrossel sexual".

"O problema é que se unem a inconsciência e a imaturidade. Com boa educação sexual isto não aconteceria", explicou a psicóloga e sexóloga Ana Lombard. A especialista explica alguns dos problemas práticos deste tipo de comportamento: "os rapazes podem ter problemas de ereção e de controle da ejaculação. Mas é pior para as raparigas e rapazes passivos. A dor de serem penetradas sem estarem excitadas cria vaginismo: a vagina está contraída e isso cria lacerações e feridas e também fissuras no reto".

Além disso, mesmo que os rapazes usem preservativo, as raparigas estão "totalmente indefesas", continua Lombardía. "Elas vão rodando e entram em contacto com as secreções das outras. Logo contraem VIH, hepatite C, sífilis, gonorreia e o HPV". "Os jovens são cada vez mais precoces e têm acesso ao álcool, drogas e sexo mais cedo. Aborrecem-se rápido e procuram outras formas de se divertirem sexualmente", explicou a psicóloga e sexóloga.