quarta-feira, julho 15, 2009

VOLTEI...

Sílvio Santos vem aí... La, la, la, la, la, lá!

Fernando Schweitzer, Buenos Aires/ARG - Ator Não-Global, Diretor Teatral, Cantor, Escritor e Jornalista


É guerra! Declarada! Senor Abravanél resolveu retrucar o ataque de sua ex-emissora, a Rede Record, cujo fora proprietário até 1991. Depois da escandalosa contratação de Augusto Liberato pela emissora concorrente trombeteada aos quatro ventos, o patrão resolve contra-atacar. Se já não fora muito retirar Eliana e aí com ela além de uma boa audiência dominical, segundo lugar isolado a meses até a volta do patrão com o não muito reformulado "Programa Sílvio Santos". As forcas do complexo Anhangüera surpreenderam esta semana com um novo ataque.

Recentemente Sílvio Santos levou para o SBT Roberto Justus e Eliana, além de Paulo Franco, diretor de programação da Record e um dos responsáveis pela nova cara do canal. Agora chegou a vez de um ícone da nova fase da emissora migrar de canal. Tiago Santiago, ex-Globo, agora ex-Record, era autor um funcionário que recebia em sua antiga casa patronal R$ 60 mil fixos mensais, mais R$ 25 mil como consultor de tele dramaturgia. Além disso, recebia bônus por pontos no Ibope, que chegaram a lhe render, nos melhores meses, R$ 200 mil. Já o SBT, lhe ofereceu ganhos mensais em torno de R$ 1 milhão.

A guerra entre as duas emissoras pelo segundo lugar tem no último mês inflacionado o mercado de elite de profissionais de TV no país. Gugu passou de 500 mil para 3 milhões, Justos e Eliana de 150 para 600 mil, e assim se vai aumentando as cifras da mídia brasileira a palo largo. Santiago fechou um contrato de quatro anos com o SBT nessa sexta-feira (13), na casa de Sílvio. "Senti que minha consultoria e meu trabalho de autor ficaram bastante desprestigiados. Mudaram meu horário e deram uma divulgação enorme para 'A Fazenda'. O orçamento de elenco caiu pela metade em 'Promessas'. Economizaram até nos cenários", disse a Coluna Outro Canal do UOL.

A ida do autor que fora responsável pelas 3 das 5 maiores audiências em novelas da emissora é um tremendo golpe de mestre, em sentido estratégico. Mesmo que a terceira temporada de "Os Mutantes", "Promessas de Amor" tenha ficada apenas na promessa de um gran finale para a trilogia, todavia as 2 primeiras temporadas tiveram grandes índices e ainda fizeram história como a primeira trilogia em formato de novela do país.

Criticas a parte ao estilo didático de Santiago, o mesmo que serviu para a formação de um público cativo a novelas da Record, considero que o autor tem sim seus méritos. O enfoque humanístico ou humanista as vezes cansativo em suas tramas fazem um grande diferencial estilístico em seu trabalho. Como quando a personagem Berenice de Prova de Amor, vitima de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), sendo a irmã da protagonista acabo por fazer um marco demonstrativo de como um transtorno psicológico pode alterar a rotina de vida de um ser humano.

Nessa guerrilha de bastidores outras peças podem estar por girar no tabuleiro. Bianca Rinaldi atriz que teve pleno destaque em todas as tramas do escritor, deve ser escalada para próxima novela da Record. Especula-se que a atriz pode ser convidada para o casting do SBT, mas o autor Marcílio Moraes, responsável pela novela que substituirá “Poder Paralelo”, já desenvolve uma personagem especialmente para Bianca Rinaldi na trama.

Tiago foi o maior se não um dos maiores responsáveis pela retirada de ícones da Rede Globo com intuito de construir uma imagem ilusória de que suas novelas se passavam na emissora carioca. Com um elenco basicamente de ex-atores Globais o comentário das pessoas sempre fora de: "Pensava que está novela era da Globo". Estratégia também usada pela carioca na década de 60 e 70 com atores das TVs Tupi e Excelsior. Se dessa vez seu Sílvio levar a sério a história de fazer história na TV podemos ter mais um boom inflacionário no alto escalão de actores das grandes redes, como dizem nossos irmãos lusitanos.


Fernando Schweitzer, Buenos Aires/ARG - Ator Não-Global, Diretor Teatral, Cantor, Escritor e Jornalista

2 comentários:

cinemanapanela disse...

Silvio Santos se devendendo e, consequentemente, atacando a Record!

cinemanapanela disse...

Silvio Santos se defendendo e, consequentemente, atacando a Record! Ótima análise.